Publicado em 05/07/2019

Como aumentar a fertilidade feminina - 9 segredos

Se você é uma tentante e deseja aumentar a fertilidade feminina, você precisa antes de tudo estar comprometida com o abjetivo de engravidar. Você terá que tonar seu corpo um ambiente ideal para gerar um novo ser. E para isso acontecer, hábitos como fumar, beber bebida alcoólica e comer fast food deverão ser abolidos da vida de uma tentante. Além de disso, a mulher deverá ingerir alimentos específicos e adicionar novo hábitos para que a gravidez se torne mais fácil de acontecer. Se você se encaixa nesse perfil, saiba que no final valerá muito a pena todo o esforço.

Abaixo, vamos revelar práticas e hábitos que podem ajudar a aumentar a fertilidade em mulheres.

Os 9 segredos para aumentar a fertilidade feminina

  • 1.Proteína vegetal

Um estudo realizado pela universidade de Harvard, concluiu que a proteína vegetal é um super alimento que aumenta a fertilidade feminina. Nesse mesmo estudo, ficou claro também como a proteína animal em excesso pode prejudicar a fertilidade.

Mulheres que ingerem mais proteínas vegetais do que fontes animais são menos propensas a experimentar problemas de ovulação. A poliamina encontrada na lentilha ajuda a fertilização do óvulo e o baixo nível de ferro no organismo leva à produção de óvulos não saudáveis e inférteis.

Você pode ingerir proteína vegetal através de feijão de todas as cores, mas o preto possui maior concentração de proteína; a lentilha, nozes e o tofu também são boas fontes de proteína vegetal.

  • 2.Vegetais de folhas verdes

Comer vegetais de folhas verdes melhora a qualidade e a sobrevivências do óvulo porque contém folato e vitamina B que são essenciais para uma ovulação saudável. Os vegetais ainda aumentam a libido da mulher.

Os homens também são beneficiados pelas folhas verdes, aumentando a qualidade dos espermatozoides. Segundo estudos feitos pela escola de saúde da Universidade da Califórnia, os homens que ingerem mais folhas verdes terão menos chances de produzir espermatozoides anormais ou defeituosos.

O casal deverá ingerir em abundância alface, espinafre, brócolis e outras verduras de folhas escuras que são ricos em folato.

  • 3.Carboidratos complexos

Os carboidratos complexos são excelentes para controlar os níveis de insulina no sangue. E níveis controlados de insulina ajudam no processo delicado da ovulação, quanto mais desregulado for a insulina em seu corpo mais problemas eles vão causar para o processo de ovulação.

Os carboidratos complexos ou bons carboidratos são digeridos lentamente e têm um efeito gradual em nosso nível de açúcar no sangue. Por isso, eles são essências para mulheres com diabetes e síndrome do ovário policístico. Essas mulheres, em especial, podem apresentar sérios problemas em controlar os níveis de insulina no sangue. Mas os carboidratos complexos não são só indicados para essas mulheres, toda mulher que deseja melhorar sua saúde para aumentar a fertilidade deverá ingerir carboidratos complexos. Não hesite em trocar a carboidratos simples por carboidratos complexos mesmo se você não for portadora de Diabetes e SOP.

Alimentos com carboidratos complexos incluem: arroz integral, pão integral, macarrão integral, milho e batata doce.

  • 4.Sementes de abóbora

A semente de abobora contém alto teor de zinco. E o zinco é super importante para a produção adequada dos  hormônios reprodutivos como o estrogênio e a progesterona. Além disso, ele é essencial para construção das proteínas do DNA. Se há falta de zinca no organismo da mulher, fatalmente ela terá problemas no desenvolvimentos dos óvulos e irregularidade menstrual.

Baixo nível de zinco prejudica o metabolismo das proteínas o que acarreta na diminuição da qualidade dos óvulos. Mulheres que tomaram por muitos anos anticoncepcional em comprimido costumam sofrer de falta de zinco no organismo, a semente de abobora é um excelente remédio natural para esse problema.

  • 5.Iogurte grego com alto teor de gordura

Embora estejamos já acostumados a escutar que gordura faz mal, pesquisas recentes tem mostrado que para mulheres que estão tentando engravidar, a gordura é essencial para regulação dos ciclos menstruais. A vitamina D contido no iogurte grego também ajuda no equilíbrio dos hormônios sexuais essenciais para aumentar a fertilidade feminina. Os laticínios integrais tem-se mostrado muito eficaz para obter o equilíbrio de nutrientes no organismo. Procure ingerir iogurtes orgânicos para não adicionar outros aditivos que podem imitar os hormônios produzidos pelo seu corpo.

Hábitos para aumentar fertilidade feminina

    • 6.Exercício físico de forma moderada

     

Segundos estudos realizados por pesquisadores de Harvard os exercícios aumentam a fertilidade. Mulheres com estilo de vida sedentário tem uma maior chance de desenvolver infertilidade. O mesmo estudo descobriu que a cada hora de exercício feito a mulher diminuía em 5% as chances de desenvolver a infertilidade.

Mulheres com excesso de peso ou obesas que começam  a fazer atividade moderada ou intensa obtém inúmeros benefícios para a saúde, inclusive para fertilidade. Mas, atenção, o excesso de exercício de alta intensidade também pode atrapalhar a fertilidade, principalmente, se feitos por mulheres magras. Então, cuidado para não exagerar. Faça de 15 a meia hora por dia de exercícios moderados e você estará fazendo muito pela sua fertilidade.

  • 7.Diminua o estresse

Ficar estressada só vai te atrapalhar nessa longa jornada rumo a maternidade. Quanto mais estresse, menor será suas chances de engravidar. O estresse interfere na liberação e produção dos hormônios que são responsáveis de ciclo menstrual.

Por isso, as mulheres que trabalham demais ou se estressam demais demoram mais para engravidar. As tentantes geralmente apresentam muita ansiedade, por isso fique de olho no estresse do seu dia-a-dia.

Faça algum tipo de atividade que você goste pelo menos 3 x por semana para aliviar esse sintomas. São várias as opções para acabar com estresse: ioga, meditação, natação, dança, enfim, faça o que mais te agrada e te relaxa.

  • 8.Tome um café da manhã reforçado

Tomar um café da manhã reforçado pode ajudar as mulheres com problemas para engravidar. Um estudo descobriu que tomar um café da manhã mais completo melhora os efeitos hormonais em mulher com SOP.

Para mulheres de peso normal e com SOP, comer a maior parte de suas calorias no café da manhã reduziu os níveis de insulina em 8% e os níveis de testosterona em 50%. Altos níveis de ambos podem contribuir para a infertilidade.

Além disso, essas mulheres ovularam 30% a mais do que as mulheres que comeram um café da manhã fraco e um jantar mais calórico.

Mas tome cuidado, aumentar o tamanho do seu café da manhã sem reduzir o tamanho da sua refeição da noite provavelmente levará ao ganho de peso.

  • 9.Acompanhar o período fértil

Saber quando você está ovulando é crucial para aumentar a fertilidade feminina. A monitoração da ovulação pode ser feita por kits de ovulação vendidos em farmácias. Mas há também formas naturais de saber quando se está ovulando.

Caso você tenha um ciclo regular que dura de 28 a 32 dias, rastrear a ovulação se torna muito mais fácil e pode ser feito através do método da tabelinha. Para isso, marque o primeiro dia do último dia da menstruação e conte de 8 a 18 dias para saber o seu período fértil. Fazer sexo nesse período potencializa as chances de engravidar porque a ovulação ocorrerá em alguns desses dias.

Com um ciclo médio de 28 dias, a ovulação ocorrerá em um dia entre os dias 11 e 21 dias (29 dias, 12-22 dias, 30 dias, 13-23 dias e assim por diante).

Outro modo super eficaz de saber que a ovulação está para acontecer é prestar atenção nas mudanças do muco cervical. Quando você está perto da ovulação, o muco cervical se torna mais transparente, escorregadio e elástico, muito parecido com a consistência da clara de ovo. O dia em que você librara mais muco nessa consistência será o dia em que você provavelmente irá ovular.

A ovulação também pode ser rastreada através da medição da temperatura basal. Se sua temperatura corporal basal subiu, provavelmente você acabou de ovular.

Meça sua temperatura durante todo o ciclo pela manhã antes de fazer qualquer coisa e marque em um gráfico as flutuações da temperatura basal, quando houver uma subida considerável, é sinal de que a ovulação aconteceu.

Compartilhar este conteúdo:

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *