Publicado em 02/07/2019

Complexo b para grávidas – Como tomar e quais os benefícios?

Complexo b para grávidas

O complexo b é super importante para as grávidas porque previne defeitos e doenças no feto em desenvolvimento e ajuda na manutenção da saúde da mãe durante toda gestação, especialmente as vitamina B6, B9 e B12.

Tomar um suplemento vitamínico pre-natal é essencial para uma gestação saudável, pois previne tanto a mãe quanto o filho de desenvolver várias doenças durante a gestação. E  as vitaminas do complexo B são as mais importantes porque mantêm seu corpo forte enquanto seu bebê está crescendo. Ele age no seu corpo transformando comida em energia, dando-lhe o impulso necessário durante toda gravidez. Por isso, as mulheres grávidas que tomam complexo b durante a gravidez são mais ágeis, saudáveis e possuem muito mais energia do que aquelas que não tomam um  suplemento pré-natal de complexo b.

Você pode tomá-lo por via natural, ou seja, através da alimentação ou através de suplementos em comprimidos vendidos em farmácias. Escolha a forma que mais se adéque ao seu estilo de vida ou preferência.

Vitaminas B e seus benefícios para grávidas e bebê 

 

Listamos abaixo, um guia sobre as vitaminas do complexo B e seus benefícios, aproveitem:

Vitamina B-1: (tiamina):

A vitamina B-1 (tiamina) é super importante para o desenvolvimento do cérebro, músculos e coração do seu bebê . As mulheres grávidas precisam de cerca de 1,4 miligramas de vitamina B-1 por dia.

Você encontra vitamina B-1 em:

  • grão de bico
  • lentilha
  • fermento
  • linhaça
  • carne de porco
  • cereais integrais
  • arroz castanho

Vitamina B-2: (Riboflavina0):

A riboflavina faz bem aos olhos e pele tanto da mãe quanto do feto. A dose recomendada de riboflavina é de 1,4 miligramas por dia para mulheres grávidas.

Alimentos nos quais você encontra riboflavina:

  • frango
  • Iogurte natural
  • peixe
  • aveia
  • vegetais verdes
  • ovos
  • espinafre
  • fígado

Vitamina B-3: (Niacina):

A vitamina B-3 (niacina) melhora a digestão e acelera a metabolização dos nutrientes da gestante. Uma mulher grávida deve tomar 18 mg por dia de niacina.

Fontes naturais de vitamina B-3:

  • pão integral
  • atum
  • amendoim
  • fígado
  • frango
  • abacate
  • arroz integral

Para melhorar a ação da niacina, consuma alimentos ricos em triptofano. Você encontra triptofano no queijo e ovo, por exemplo.

Vitamina B-5 – (ácido pantotênico):

A vitamina B-5 é extremamente importante para o desenvolvimento saudável do cérebro e do sistema nervoso do feto. A mãe também é beneficiada pela vitamina B-5. A falta de ácido pantotênico no organismo pode causar fraqueza e fadiga crônica.

O ácido pantotênico também cumpre o papel de metabolizar carboidratos, gorduras e proteínas além de se um dos responsáveis pela produção de hormônios. As “gravidinhas” devem tomar 6 miligramas de ácido pantotênico por dia.

Fontes de vitamina B-5:

  • gérmen de trigo
  • tomate
  • carne vermelha
  • farelo de arroz
  • cogumelo
  • fígado

Vitamina B-6 (piridoxina):

A vitamina B-6 é responsável por metabolizar carboidratos, proteínas e gorduras e pela construção dos glóbulos vermelhos e anticorpos. Trabalha ajudando no desenvolvimento do cérebro e do sistema nervoso do ferto. Também é ótimo para o equilíbrio saudável de glicose no sangue. Previne ainda o baixo peso em recém-nascido. A falta de vitamina B-6 pode causar anemia durante a gravidez e diminuição de anticorpos.

Para mulheres grávidas a dose diária é de 1,9 miligramas.

Alimentos em que você encontra Pridoxina (vitamina B-6):

  • banana
  • abacate
  • ovos
  • cereais
  • nozes
  • leite

Vitamina B-7 (biotina):

A vitamina B-7 é responsável pela geração de energia, ou seja, ela ajuda na produção de enzimas que quebram carboidratos, proteínas e gorduras que você ingere e as transforma em energia. É essencial para o crescimento embrionário durante a gravidez.

A dose diária recomendada de vitamina B-7 durante a gravidez é de 30 mg.

Fontes de biotina (vitamina B-7):

  • castanha de cau
  • amêndoa
  • farela de aveia
  • couve-flor
  • cenoura
  • alface

Vitamina B-9 (ácido fólico):

A vitamina B-9 ou ácido fólico é a vitamina B mais importante e essencial para uma gravidez saudável. A dose diária recomendada de vitamina B-9 é de 400mcg antes e durante toda gestação. Se você é deficiente em ácido fólico, você vai sentir anemia, diarreia, perda de peso, perda de apetite, dor na língua, fraqueza, palpitações cardíacas, irritabilidade e dores de cabeça.

Benefícios do ácido fólico para gestante e bebê:

  • O ácido fólico previne defeitos do tubo neural (DTN), complicações graves do parto e no cérebro (como a anencefalia) e medula espinhal.
  • As DTNs se desenvolvem em um estágio muito inicial do feto, mesmo antes de você não saber que está grávida. Por isso, comece a tomar ácido fólico quando iniciar suas tentativas.
  • Diminui os riscos de fenda palatina, lábio leporino e defeitos cardíacos em bebês.
  • Diminui os riscos de pré-eclâmpsia.
  • Ajuda na síntese de DNA, no crescimento da placenta e desenvolvimento do feto.

Fontes de ácido fólico:

  • couve
  • feijão
  • alface
  • frutas cítricas como limão, laranja e tangerina.
  • brócolis

Vitamina B-12 (Cobalamina):

A vitamina B-12, também conhecida como cobalamina tem um papel muito parecido do ácido fólico. Ela age, principalmente, na síntese de ácidos graxos e mielina que são super importantes para função neurológica  do sistema central (SNC).

Benefícios da vitamina B-12:

  • Ajuda no funcionamento e desenvolvimento de suas células do sangue, cérebro e nervos.
  • desempenha um papel importante no desenvolvimento do cérebro do feto e na formação do tubo neural.
  • Age na metabolização de carboidratos, proteínas e gorduras.
  • melhora o humor e aumenta a energia.
  • diminui o estresse.
  • em conjunto com o folato, ajuda na produção de glóbulos vermelhos e na síntese de DNA.

Fontes naturais de ácido fólico:

  • manga
  • banana
  • ovo
  • germe de trigo
  • abacate
  • melão

Fontes naturais de folato:

  • carne e vísceras
  • ervilha
  • grão de bico
Compartilhar este conteúdo:

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *