Home / Como engravidar /

Não consigo engravidar – 22 causas para você não estar conseguindo engravidar

Compartilhar este conteúdo:
Publicado em 13/02/2019

Não consigo engravidar - 22 causas para você não estar conseguindo engravidar

Não consigo engravidar

Não consigo engravidar, meu deus o que eu faço? Muitas mulheres, hoje em dia, se encontram nessa situação. Você tem tentado conceber sem conseguir. Então, é hora de você saber as razões para não engravidar e corrigir o problema.

Conceber não é apenas fazer sexo. Vários fatores, individuais ou combinados, contribuem para que você não engravide. Vamos ajuda você a entender esses problemas e melhorar suas taxas de concepção, oferecendo soluções e métodos de tratamento.

Quanto tempo leva para uma mulher engravidar?

Se você é saudável e seu sistemas reprodutivo estiver funcionando bem, você terá uma probabilidade de 25% de engravidar durante cada ciclo menstrual. De acordo com as estatísticas apresentadas em Before Your Pregnancy, por Amy Ogle e Lisa Mazullo.

De todos os casais (mulheres com menos de 30 anos) que tentam conceber:

  • 30 por cento conceberão dentro do mês inicial (primeiro ciclo)
  • 75 por cento vai conceber depois de seis meses
  • 85 por cento conceberão dentro de um ano (12 ciclos)
  • 90 por cento vai conceber depois de um ano
  • 95 por cento vai conceber depois de dois anos
  • 91 por cento conceberão dentro de três anos (36 ciclos) (cerca de três anos).
  • 93 a 95 por cento conceberão dentro de quatro anos (48 ciclos)

Vários fatores entram em jogo e definem quando um casal pode conceber.

Razões mais comuns para não conseguir engravidar?Quais são as razões mais comuns para não conseguir engravidar?

Embora seus períodos possam ser regulares, várias atividades cotidianas podem afetar suas chances de concepção, e entre os principais são:

1. Muito ou pouco sexo:

O sexo é provavelmente a necessidade humana mais básica de prazer e reprodução. E as pessoas estão sempre nos extremos.

Ter muito sexo faz mal: algumas pessoas acreditam que ter mais sexo pode levar à concepção. Mas isso nem sempre é verdade. Embora o sexo frequente não diminua o vigor do esperma de um homem, ele pode causar problemas de saúde em potencial, como fadiga, tontura, joelhos fracos e micção frequente. Se você pratica muito sexo apenas com a intenção de engravidar, isso pode levar a um estado de cansaço. Nesse caso, quando o período fértil estiver acontecendo, o parceiro pode não estar interessado em sexo. E, como casal, você perde a oportunidade de conceber.

Ter muito pouco sexo também faz mal: você pode estar reduzindo o intercurso sexual para economizar o esperma para fazer sexo apenas durante a ovulação. Mas ficar sem sexo por muitos dias pode afetar as chances de concepção. Você pode perder sua fase fértil quando o sexo é muito limitado e raro, principalmente, se você tiver ciclos irregulares.

Tente fazer sexo com frequência e fique de olho nas datas da ovulação. Se você tiver períodos irregulares ou problemas para rastrear sua período fértil, use um kit de ovulação. Se o resultado mostrar que a ovulação virá em um ou dois dias, faça sexo durante esse período.

2. Excesso de estresse dificultaconcepção

Não conseguir engravidar afeta o mental da casal causando estresse e por consequência acabará afetando também sua capacidade de engravidar. Outros distúrbios emocionais, como depressão e ansiedade, podem reduzir seus níveis de fertilidade. Você deve estar calma e em um estado equilibrado ao tentar engravidar.

O estresse dificulta as funções do hipotálamo, que controlam a glândula pituitária. A glândula regula a adrenal, a tireoide e os ovários e afeta o ciclo menstrual, levando inclusive a períodos irregulares.

Você deve ter um tempo só para você, um momento para desestressar e não pensar em nada, isso vai melhorar suas chances de conceber. Para vencer o estresse, você pode se juntar a um grupo de apoio, ver um psicólogo, participar de ioga para fertilidade, meditar e se exercitar.

3. Dificuldade para engravidar - pode ser o seu parceiro:3. Dificuldade para engravidar - pode ser o seu parceiro:

Uma das principais causas de infertilidade é a baixa contagem de espermatozoides e a baixa motilidade (movimentação) dos espermatozoides, devido a anormalidades estruturais. Esse fator responde por 30 a 40% dos problemas de infertilidade em casais.

O primeiro passo é consultar um médico ou um especialista em fertilidade para tratamento imediato. Para baixa contagem de espermatozoides ou motilidade, fertilização in vitro (FIV) ou injeção intracitoplasmática de espermatozoides são as melhores soluções.

A fertilização in vitro envolve a fusão do óvulo e espermatozoides fora do corpo humano e a posterizar transferência do óvulo fertilizado para a vagina. Na injeção intracitoplasmática de espermatozoides, um único espermatozoide é coletado e injetado diretamente no óvulo.

4. Correndo para o banheiro depois do sexo:

Muitas mulheres correm para o banheiro depois do sexo para se limpar e lavar. É essencial ficar na cama por algum tempo após o sexo para garantir que o espermatozoide tenha a chance de alcançar o óvulo e fertilizá-lo. Se você se levantar, assim que terminar o ato, estará deixando a gravidade arrastar o esperma para baixo e o resto será lavado quando você se lavar. E esta é uma das razões naturais para não engravidar.

Concentre-se em relaxar e deitar na cama por algum tempo depois do sexo, para que você possa melhorar suas chances de engravidar.

 Roupas muito apertadas prejudicam a fertilidade

 

5. Roupas muito apertadas prejudicam a fertilidade

Roupas apertadas que podem estar prejudicando o funcionamento de seus órgãos reprodutivos. Nos homens, a produção de espermatozoides diminui e, nas mulheres, a circulação de ar diminui e leva a proliferação de fungos.

Use roupas bem largas, roupas de algodão para evitar infecções. Isso reduzirá os problemas relacionados ao suor e à umidade e permitirá que os suas "partes" respirem.

6. Dormir pouco:

A privação do sono pode sobrecarregar e exaurir o corpo e afetar as funções do sistema imunológico. Isso aumenta suas chances de contrair infecções e, por sua vez, afeta o ciclo reprodutivo. O mesmo se aplica aos homens. As infecções podem evoluir para febre e excesso de calor corporal e tudo isso pode danificar o esperma. As mulheres podem sentir-se ansiosas devido à falta de sono, e esse problema ocasiona a anormalidade da produção e liberação dos harmônios responsáveis pelo ciclo menstrual.

Durma o suficiente para se manter saudável. No caso de sofrer de insônia, consulte um médico.

Veja também: Como consegui engravidar depois de 4 anos tentando

7. Abaixo ou acima do peso:

Ser muito magro ou muito gordo também afetará suas chances de conceber. Se você está subnutrido, você não vai ovular bem. Se você está mais pesada do que deveria, isso prejudicará sua fertilidade. E se você estiver acima de seu IMC ideal, haverá menos chances de concepção, mesmo se sua ovulação for regular.

Mantenha uma dieta e um estilo de vida saudável. Delicie-se com a rotina de exercícios moderados. Você pode consultar seu médico para nutrição e suplementação.

8. Uso excessivo de lubrificantes:

Estudos afirmam que os lubrificantes vaginais comuns afetam negativamente a motilidade dos espermatozoides fazendo com que você não consiga engravidar. Isso vale tanto para lubrificantes vendidos sem receita quanto caseiros.

O motivo - o pH do muco cervical produzido antes da ovulação é ideal para a sobrevivência do esperma e sua motilidade. Já os lubrificantes têm um pH ácido, o que é suficiente para matar os espermatozoides. Além disso, a motilidade do esperma é afetada pela espessura dos lubrificantes e seu teor de água.

Preliminares é o melhor lubrificante para a concepção. Se isso não funcionar, use água morna para lubrificação, pois ela não é tóxica e não interfere na motilidade do esperma. Se você ainda precisar de lubrificante ao tentar engravidar, escolha lubrificantes amigáveis, como Conceive Plus e Pre-Seed.

Escolhas de estilo de vida podem estar dificultando a gravidez:9. Escolhas de estilo de vida podem estar dificultando a gravidez:

Fatores comuns de estilo de vida, como fumar, beber, abuso de drogas e cafeína afetam a fertilidade. Nos homens, esses fatores diminuem a contagem e a motilidade dos espermatozoides e, nas mulheres, causam a ovulação irregular.

Não consegue engravidar? Mude os hábitos nocivos, especialmente alguns meses antes de engravidar. Escolha hábitos mais saudáveis. Além disso, evite o uso de adoçantes artificiais e exposição a produtos químicos.

10. Poluição ambiental:

As toxinas ambientais são conhecidas por prejudicar homens e mulheres. A exposição a poluentes como produtos químicos, pesticidas, fumaça de cigarro, plásticos, embalagens para alimentos e produtos de higiene pessoal (sabonetes, xampus e cosméticos) pode afetar sua saúde, especialmente a fertilidade. Eles diminuem a capacidade dos casais de engravidar em 29%.

Embora seja inevitável evitar a exposição a toxinas ambientais e produtos químicos, você deverá diminuir bastante tanto quanto possível, veja nossas dicas:

  • Pare de usar pesticidas para suas plantas e gramado. Escolha alimentos orgânicos.
  • Use produtos orgânicos e naturais para cuidados pessoais.
  • Use equipamentos de proteção quando estiver trabalhando em áreas propensas a

produtos químicos devem sempre permanecer em locais altamente ventilados.
Todas as razões acima são baseadas em escolhas de estilo de vida ou fatores ambientais que afetam a capacidade de conceber. Agora, vamos analisar algumas causas médicas para não conseguir engravidar.

Causas médicas para não conseguir engravidar:

Em alguns casos, o óvulo pode ser abortado naturalmente, enquanto em outros, o casal pode sofrer de impotência. Você deve, no entanto, esperar um ano para conceber. Se a gravidez não acontecer durante esse tempo, então você pode procurar um médico para diagnóstico e tratamento. As causas da infertilidade são diferentes em homens e mulheres.

As causas médicas da infertilidade em mulheres são:

11. Períodos irregulares:

As mulheres que não menstruam regularmente têm mais dificuldade em engravidar. Períodos irregulares indicam ovulação inconsistente, e conceber sem um óvulo é impossível. Portanto, quanto menos você ovular, menores serão suas chances de engravidar.

Veja também: Como consegui engravidar depois de 4 anos tentando

Como posso engravidar com períodos irregulares?

Um médico pode ajudá-la a encontrar a causa subjacente para períodos irregulares e oferecer o tratamento de acordo. Você também deve se concentrar em uma dieta saudável, atingir o peso ideal, realizar exercícios moderados e tomar suplementos para aumentar a fertilidade, conforme sugerido pelo médico.

12. Endometriose:

Este é um distúrbio crônico do sistema reprodutivo no qual as células endometriais crescem fora do útero. Essas células podem bloquear os tubos impedindo a fertilização e impedindo que o óvulo fertilizado viaje em direção às trompas de Falópio.

Essa condição causa períodos dolorosos, dor intensa durante a penetração durante o sexo, movimentos intestinais dolorosos e micção freqüente, além de uma sensação de bexiga cheia durante o ciclo menstrual ou dor pélvica crônica.

O melhor tratamento é a laparoscopia em que um tubo de luz é usado para verificar e remover cistos anormais e tubos bloqueados. Depois da cirurgia, você vai conceber em seis a oito meses. Se isso não acontecer, os medicamentos de fertilidade com inseminação intra-uterina são administrados e, em casos graves, é utilizada a fertilização in vitro.

 Problemas de ovulação podem dificultar a concepção13. Problemas de ovulação podem dificultar a concepção:

Quase 20 a 40% dos problemas de infertilidade em mulheres são causados ​​devido à ovulação irregular, o que impede a liberação de óvulos maduros dos ovários. Onde algumas mulheres nunca conseguem ovular, outras ovulam uma vez por trimestre. Flutuações hormonais, ganho ou perda de peso em excesso, exercício excessivo ou estresse severo podem ser as principais causas de distúrbios ovulatórios.

Qual poderia ser o tratamento possível?

O seu médico irá prescrever estimuladores da ovulação, tais como gonadotrofinas, clomifeno, inibidores da prolactina, frequentemente com FIV e medicamentos para fertilidade.

14. Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP):

É uma condição complexa causada pelo desequilíbrio hormonal, que interrompe a ovulação. Pequenos cistos são formados nos ovários que perturbam o amadurecimento do folículo e maturação dos óvulos. Os outros sintomas possíveis incluem menstruação irregular, ganho de peso, crescimento excessivo de pêlos e acne.

Qual poderia ser o tratamento?

Mudanças na dieta e estilo de vida ajudam a controlar o peso, e tratamentos médicos como drogas estimulantes da ovulação (gonadotrofinas, clomifeno), juntamente com fertilização in vitro, podem tratar a SOP.

15. Trompas obstruídas podem causar infertilidade feminina:15. Trompas obstruídas podem causar infertilidade feminina:

As trompas de Falópio danificadas ou bloqueadas impedem que os óvulos atinjam o útero e o espermatozoide se encontre com o óvulo, impedindo assim a concepção. Essas condições podem surgir devido a doenças sexualmente transmissíveis, doenças inflamatórias pélvicas ou cirurgias de esterilização, se houver.

Qual poderia ser o tratamento possível?

A cirurgia laparoscópica ajuda a abrir e reparar os trompas, a outra opção é a FIV.

16. Problemas na ovulação:

A qualidade e a quantidade de óvulos diminuem em torno do final dos 30 e início dos 40 anos. As mulheres nascem com aproximadamente um a dois milhões de óvulos ao nascer e os óvulos diminuem gradualmente para 300.000 na puberdade. Então, cerca de 300 vão amadurecer através da ovulação. E, na menopausa, você não tem mais óvulos.

Qual poderia ser o tratamento possível?

Como a perda de óvulos é um processo irreversível, você deve planejar a gravidez na sua idade fértil. Além disso, tente perder peso se você estiver com excesso de peso, parar de fumar, gerenciar problemas de tireoide (se tiver algum) e tomar suplementos, incluindo óleos de peixe, vitaminas pré-natais, probióticos, vitamina D e Coenzima Q10 também melhoram a qualidade do óvulos.

As possíveis soluções, se as anteriores não funcionarem, são doação de óvulos ou embriões.

17. Baixos níveis de progesterona:

Essa é uma causa muito comum em mulheres que não conseguem engravidar. Após a ovulação, o corpo lúteo (folículo do óvulo remanescente) produz progesterona para ajudar a implantação do embrião durante o início da gravidez. A deficiência de progesterona nessa fase é chamada de Defeito da Fase Lútea, e pode ser uma das razões para a infertilidade. Mesmo se você conceber, a placenta e o feto não crescerão mais, causando feto inviável ou perda fetal precoce. Outras condições médicas, como anormalidades tireoidianas, podem levar ao funcionamento luteico anormal.

Qual poderia ser o tratamento possível?

Seu médico pode encaminhá-la a um endocrinologista reprodutivo. Os tratamentos incluem suplementos de progesterona, injeções vaginais ou supositórios para engrossamento do revestimento uterino para a fixação do embrião.

Problemas no muco cervical é um fator negativo para fertilidade:18. Problemas no muco cervical é um fator negativo para fertilidade:

O muco cervical geralmente muda sua consistência na fase fértil para formas claras e elásticas, de modo que os espermatozoides possam facilmente se mover através do muco para os órgãos reprodutivos femininos. Em um caso de anormalidades do muco cervical, isso pode acabar impedindo e atrapalhando a passagem do espermatozoide. O muco pode contrair uma infecção ou conter anticorpos que matam os espermatozódes. Esses problemas são encontrados em mulheres com cervicite crônica ou com estreitamento do colo do útero que levam a uma falha na gravidez.

Qual poderia ser o tratamento?

Identificar e tratar infecções e usar métodos de inseminação artificial e fertilização in vitro, ajudam a resolver o problema.

19. Problemas do espermatozoide:

A baixa mobilidade ou nenhuma contagem de espermatozoides e anormalidade nas formas podem diminuir a fertilidade do homem.

Qual poderia ser o tratamento possível?

Drogas de fertilidade são a primeira linha de tratamento para aumentar a produção de espermatozoides. As próximas opções são técnicas de reprodução assistida.

20. Epidídimo bloqueado:

Bloqueios no epidídimo (um tubo longo enrolado que fica atrás dos testículos e armazena espermatozoides maduros) e ducto deferente (o tubo muscular que transporta espermatozoides do epidídimo para o ducto ejaculatório) podem afetar negativamente o transporte de espermatozoides. A obstrução nos tubos pode ser devido a infecções, incluindo gonorreia ou clamídia, defeitos congênitos ou ferimentos. Além disso, varicoceles (veias aumentadas no escroto) também podem afetar a mobilidade do espermatozoide. A causa de você não conseguir engravidar pode ser devido a esses problemas com seu parceiro.

Qual poderia ser o tratamento possível?

Os profissionais de saúde geralmente preferem a correção cirúrgica dos bloqueios.

Além de mudanças de estilo de vida e problemas médicos, existem alguns outros fatores que podem afetar a fertilidade.

Existem outros fatores que afetam a fertilidade?
Sim! Razões inexplicáveis ​​e combinadas representam quase 25% e 40%, respectivamente, de todos os casos de infertilidade.

Infertilidade sem causa aparente21. Infertilidade sem causa aparente:

De todos os casos de infertilidade, 25% são diagnosticados como infertilidade inexplicada ou sem causa aparente, devido à falha em encontrar a causa real, mesmo após uma série de testes e avaliações. O casal passa por uma variedade de testes sem nenhum resultado definitivo. Embora você não tenha nenhum problema, isso resulta em confusão.

Os médicos geralmente aconselham tentar conceber com relações sexuais regulares (sem se concentrar em ter bebês). Se não funcionar mesmo depois de alguns anos, você poderá receber um tratamento de fertilização in vitro.

22. Infertilidade combinada:

Aqui, ambos os parceiros são diagnosticados com problemas de fertilidade, ou quando um deles tem alguns problemas de fertilidade.

Tratamentos adequados são oferecidos de acordo com a causa da infertilidade.

Denize Cruz (Neuropata)

Compartilhar este conteúdo:

Clinica de inseminação artificial - Quanto custa e como escolher?

Compartilhar este conteúdo: Publicado em 14/07/2019 Clínica de inseminação art...
Ler mais

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *