Home / Ovulação /

Sintomas de ovulação – Os 5 sintomas mais comuns de ovulação

Compartilhar este conteúdo:
Publicado em 04/09/2018

Sintomas de ovulação - Os 5 sintomas mais comuns de ovulação

Sintomas de ovulação  - Os 5 sintomas mais comuns de ovulação

A ovulação consiste na liberação de óvulo pelos ovários e geralmente ocorre por volta do décimo quarto dia do ciclo menstrual, isto é, de 16 a 12 dias antes do início do fluxo menstrual, e é um fenômeno que ocorre com sinais específicos.

No caso de um ciclo menstrual irregular, de fato, os sintomas da ovulação podem lhe dizer mais ou menos qual é o período fértil. A ovulação de fato coincide com o pico de fertilidade de uma mulher, os dias mais adequados para a relação sexual gerar uma gravidez.

Durante a ovulação, o corpo feminino é submetido a uma série de alterações físicas, principalmente devido a um aumento considerável dos hormônios LH e estrogênio. Os sintomas físicos que te diz quando você está fértil são diferentes, vamos ver quais são os principais:

 Sintomas de ovulação: aumento da libidoAumento da libido

Nos dias antes da ovulação (geralmente dois ou três), há um aumento na libido. Esse sintoma de ovulação indica que esta é a melhor hora para fazer sexo se você quiser engravidar. O aumento do desejo sexual é, de fato, devido ao aumento do estrogênio no sangue, hormônios produzidos pelos ovários. Quando os ovários atingem o pico na produção de estrogênios, ocorre o aumento da libido que facilita, ou pelo menos deveria, as relações sexuais e, portanto, a concepção.

Sintomas de ovulação: Aumento e transparência do muco cervicalAumento e transparência do muco cervical

Um dos principais sintomas de ovulação é a alteração das secreções vaginais e, especialmente, do muco cervical. De fato, o muco muda de consistência de acordo com o período fértil ou não-fértil de uma mulher.

Durante o período não fértil, o muco cervical tem uma composição e uma consistência hostil à passagem e sobrevivência do espermatozoide: esse muco é bastante denso e opaco, e se for tocado entre o polegar e o indicador ele não se alonga ou estica, tendendo a romper imediatamente.

Perto da ovulação é registado a alteração, em quantidade e em consistência do muco produzido pelo colo do útero, que tem o objetivo diminuir a acidez vaginal, assegurando ao esperma uma longa sobrevivência e facilitando a viagem dele até as trompas.

Nos dias anteriores a ovulação, o muco tende a tornar-se mais líquido, transparente e aquoso, assumindo a consistência típica de "Clara de ovo". Se você colocar entre o polegar e o indicador, é possível notar que o muco se estica sem nunca quebrar. Nesta fase de muco, a umidade e lubrificação na vagina é muito presente.

O pico do muco é o último dia em que o muco tem essa aparência transparente, é muito elástico ou mesmo líquido o que dá uma forte sensação de umidade. A ovulação acontece no dia do pico do muco. Estes são os dias em que as mulheres são mais férteis e mais propensas a engravidar.

Sintomas de ovulação: Maior temperatura basalMaior temperatura basal

Outro dos sintomas de ovulação é o aumento da temperatura corporal basal, ou seja, um aumento repentino da temperatura corporal causada pela progesterona, o hormônio que a mulher produz na fase lútea, para ajudar o óvulo fertilizado se implante na parede interna do útero.

A ovulação ocorre no último dia, quando a temperatura é baixa.

A desvantagem do método da temperatura basal do corpo é que ele permite conhecer o momento da ovulação em retrospecto, que é somente quando o óvulo já foi liberado.

A vantagem: é método muito confiável.

Normalmente, o aumento varia abruptamente em 3-4 décimos de grau. Assim que você acordar e antes de se levantar, poderá rastrear mais facilmente o aumento da temperatura basal, com um simples termômetro com duas casa decimais.

Alterações na posição do colo do útero é um sintoma de ovulaçãoAlterações na posição do colo do útero

Nos dias anteriores a ovulação, que correspondem àqueles em que você é mais fértil, o colo do útero é mais alto, mais macio e mais aberto. É um sintoma físico que não é visível, pois é interno, mas pode ser útil para especialistas que estão monitorando a ovulação. 

  1. Aumento da sensibilidade da mama

Geralmente, mudanças na consistência das mamas são sentidas no dia da ovulação. Na verdade, a mama fica mais sensível e dolorida, e muitas vezes é possível sentir um ligeiro aumento do volume dos seios. Tudo isso é devido ao aumento dos níveis hormonais no sangue, que provoca o inchaço em certas áreas do corpo.

Denize Cruz, (Neuropata e consultora em fertilidade feminina)

Compartilhar este conteúdo:

Clinica de inseminação artificial - Quanto custa e como escolher?

Compartilhar este conteúdo: Publicado em 14/07/2019 Clínica de inseminação art...
Ler mais

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *